Blog FastFrame

Afinal, como funciona uma franquia na prática?

Nov 26, 2020 9:00:00 AM / by Equipe FastFrame

Você é um dos milhares de brasileiros que tem vontade de empreender e acha que apostar em uma franquia é o caminho?

Então você tem que aprender muito bem como funciona esse mercado antes de começar. Solucionar todas as dúvidas antes de investir em uma franquia é a melhor forma de você empreender com segurança.

Portanto, continue a leitura e saiba como funciona uma franquia na prática!

Escolha e negociação da franquia

Ao comprar uma franquia, você adquire o direito de comercializar os produtos e serviços de uma marca já existente no mercado. Nesse sentido, a primeira coisa que você vai precisar fazer é escolher o produto ou serviço que quer oferecer.

Em seguida, você vai avaliar entre as marcas existentes e iniciar as negociações. Investimento inicial, porcentagem que a franqueadora recebe mensalmente e os termos do contrato devem ser analisados com cuidado. Afinal, você terá que respeitar todos os direitos e obrigações presentes no contrato.

E essas obrigações são necessárias: elas têm o objetivo de manter a relação entre franqueadora e franqueado saudável. Isto é, preservar a imagem da marca e oferecer a você a oportunidade de ter um negócio próprio já estabelecido no mercado.

Antes da assinatura do contrato, você vai receber um documento chamado COF (circular de oferta de franquias), no qual são definidas todas as regras que serão aplicadas na relação. Esse documento vai nortear toda a sua negociação, portanto, leia-o atentamente!

Investimentos para abrir e operar uma franquia

A quantidade de capital que você vai precisar investir pode variar bastante de franquia para franquia. Mas é exatamente para isso que você deve estar bastante atento a todos os detalhes do contrato.

Para sua tranquilidade, não é só o direito de comercialização da marca que você compra. Na prática, a aquisição de uma franquia inclui todos os gastos envolvidos para já começar a operar.

Ou seja, além da taxa da franquia e direitos de uso da marca, o contrato também já especifica os gastos com obra, estoque inicial, mobiliário, capital de giro, o marketing necessário para dar visibilidade à unidade e o sistema de gestão que será usado pela unidade.

Já após o início das operações, gastos com pessoal, manutenção, pró-labore e renovações, etc, não estão incluídos. No caso dos royalties, não deixe de conferir se o valor que você vai ter que pagar está de acordo com o que é praticado no mercado.

Variações dentro da mesma franquia

Se até aqui você já entendeu como funciona uma franquia, falta só mais um detalhe: uma marca pode oferecer diferentes tipos de modelos de franquia para você escolher.

No caso, seriam modelos de lojas diferenciados, para você ter mais opções na hora de escolher o formato que melhor se adapta à sua realidade.

Você pode contratar um modelo premium, por exemplo. Nele, além dos produtos da marca, você tem acesso a toda a infraestrutura necessária, incluindo a oficina.

Outros ainda trabalham de forma compacta, só com a oferta de serviços. Por isso, é importante definir o modelo de negócio mais rentável e acessível para você começar.

Agora que você já sabe como funciona uma franquia na prática, comece a sua agora mesmo. Entre em contato com a gente!

Equipe FastFrame

Written by Equipe FastFrame

Cadastre-se e receba em primeira mão as notícias do blog em seu e-mail:

Posts recentes